28 setembro 2008

Uma foto de um concerto dos XUTOS & PONTAPÉS, em 2007, na Tour "Ai a p... da minha vida!"

Um autocolante dos UHF, nos anos 80

Uma foto dos SHEIKS, em 1979

Uma foto de um concerto recente de JORGE PALMA (cortesia de David Rito)

Uma foto dos TARA PERDIDA, ao vivo (cortesia do amigo David Rito)

Uma foto dos BLASTED MECHANISM , nas Festas de Corroios, em Agosto passado(cortesia do amigo António Nabais)

Um vídeo dos WRAYGUNN, na televisão francesa

27 setembro 2008

Novo livro de Carlos Costa (da CATEDRAL DO VINIL)

“Depois das palavras”

A editar em Outubro de 2008, “Depois das palavras” é provavelmente o mais interventivo de todos os livros editados pelo autor.

É também assim que abro a porta deste templo tão secreto, tão meu, onde traço o plano da palavra escrita, onde me refugio à tanto tempo. 76 páginas de puro prazer.

Entre poemas e fotografias.

Prefácio de Mário Teles de Matos, capa de Sandra Baptista e Luís Rodrigues.

Encomende através do site do autor:

http://carloscosta-poesia.planetaclix.pt/


Uma foto dos PRÓLOGO, banda dos anos 70

Uma foto dos BLASTED MECHANISM , nas Festas de Corroios, em Agosto passado

25 setembro 2008

DIFERENÇAS ENTRE 1968 e 2008

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula

1968: O professor espetava-te duas valentes lostras bem merecidas.
Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque 'alguma deves ter
feito...!'

2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu
pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno

1968: Não se passa nada.

2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e
caganeira.

24 setembro 2008

Uma foto dos PLEXUS , banda dos anos 60/70(do blog Os Reis do Yé Yé)

Próximo programa KM 0 , na RTP- 2

Dr. Estranho Amor, Projecto Fuga e Oxalá no próximo KM0

“No próximo KM0 partimos à descoberta da música que se faz no Alentejo. De caminho, paramos na margem Sul do Tejo, em Almada, para escutar os Dr. Estranho Amor, seguimos em direcção a Montemor-o-Novo, onde pairam os Projecto Fuga e terminamos em Odemira, ao som da música new age dos Oxalá”, explica JP Simões, apresentador da série documental sobre a nova música portuguesa, exibida sábados, pelas 19h30, na RTP2.

Conheça e divulgue a música de Dr. Estranho Amor, Projecto Fuga e Oxalá publicadas em discurso directo no blog do KM0:

Para mais informações:
Produtora BUS
Directora de Produção: Helena Oliveira (962 123 997)
Assessoria de Imprensa: Ana Marques (968756235)
quilometro.zero@gmail.com
km0.press@gmail.com
Rua da Madalena, nº 91, 2º Dto. 1100-319 Lisboa
Tel.: 218 876 079


Na foto , os OXALÁ

Um video interessante ( e eu que o diga!!!)

23 setembro 2008

SOBRE O "MAGALHÃES" (com vénia ao blog "Cantigueiro)

Numa aldeia portuguesa, a professora pergunta às criancinhas: Onde é que vivem as crianças mais felizes do mundo?
E todas respondem em coro : Em Portugal!
E onde é que as crianças tem todos os brinquedos que quiserem e todos computadores que lhes apetecer?
E todas respondem em coro: Em Portugal!
E onde é que as crianças crescem saudáveis, alegres e seguras em relação ao futuro?, continua a perguntar a professora.
E todas respondem em coro: Em Portugal!

... de repente ouve-se uma menina a chorar.
Porque estás a chorar, Guidinha?, pergunta a professora.
E ela com a voz embargada pelas lágrimas e pelos soluços: Quero ir para "Portugal"!!!


NOTA: Nem eu nem os meus alunos vimos alguma vez um "Magalhães"

21 setembro 2008

MAIS UMA MENTIRA

“Os problemas do Ensino estavam há muito diagnosticados, mas ninguém teve a coragem de os enfrentar. Nasceram assim as aulas de substituição, a escola a tempo inteiro (com o alargamento do horário escolar). Encerrou-se 2400 escolas com menos de dez alunos e a oferta de cursos profissionais aumentou de dez para 50%, tendo diminuído consideravelmente o abandono escolar. Introduziu-se o Inglês para que a próxima geração seja uma geração de bilingues, reforçou-se o ensino das tecnologias de informação, massificou-se o acesso aos computadores, foram já entregues 300 mil computadores a alunos, criou-se a figura do director de escola, estabilizou-se com bons resultados a vida dos professores (contratos de três anos), contratualizou-se com mais de 90 câmaras a gestão dos edifícios e funcionários, a progressão na carreira fica subordinada ao mérito académico e profissional e mudou-se o sistema de avaliação, aqui ainda de forma um pouco atabalhoada”

Isto escreveu o senhor Emídio Rangel, no "Correio da Manhã", de ontem.
Ó sr. Rangel, o senhor não se enxerga? É mentira que os professores estejam colocados por 3 anos. Eu sei bem do que falo. Antes de escrever , informe-se...

António Manuel Ribeiro, antes do concerto de Nisa, em 1991

THE SIMPH0NIX mudam de nome para NEONÍRICO

Uma foto dos UHF, ao vivo , em Nisa, em 1991

19 setembro 2008

DISCOGRAFIA BÁSICA DO ROCK PORTUGUÊS

O disco que é, hoje, objecto de consideração é o single "Lá Fora A Cidade" , dos PERSPECTIVA.
Um single de 1977 editado pela Imavox ( referência IM- 10.124), com o lado B a ser ocupado por "Os Homens Da Minha Terra".
Os PERSPECTIVA eram uma banda do Barreiro, comandada por Tó Pinheiro da Silva (também membro da Banda do Casaco).
O seu som era caracterizado por ter uma grande dose de "sinfonismo". Talvez a banda mais "sinfónica" do Rock nacional fossem os PERSPECTIVA. Até chegaram a tocar ao vivo, com uma Orquestra Sinfónica. Na gravação destes dois temas contaram, também, com a colaboração de uma Orquestra Sinfónica.
As letras destes dois temas são da autoria de José Beiramar ( o letrista de serviço da banda) e são do melhor que se produzia na época, com preocupações sociais bem vincadas.
Por tudo isto, este single tinha que figurar na Discografia Básica do Rock Português.


Outra foto dos KAMA SUTRA, ao vivo , nos anos 70

Uma foto dos KAMA SUTRA, ao vivo nos anos 70

A capa do LP intitulado "Rock Português", com várias bandas dos anos 80

PAÍS EM CONTENÇÃO ORÇAMENTAL (mas toca a gastar) notícia de hoje

Empresas de “catering” lesaram Estado em 172 milhões de euros
É o maior cartel de sempre apanhado em Portugal. Sete empresas de “catering” que fornecem refeições preparadas a escolas e hospitais terão lesado o Estado em 172,6 milhões de euros. Entre elas, cozinhavam os preços a apresentar nos concursos, trocavam informações comerciais e desta forma asseguravam dois terços do mercado de prestação de serviços de fornecimento de refeições.
(…)
A suspeita é da Autoridade da Concorrência (AdC), que iniciou as investigações em Fevereiro de 2007 e agora formalizou a acusação, a que o Negócios teve acesso. Segundo a acusação, o cartel era formado pela Gertal e Itau (ambas do grupo Trivalor), ICA e Nordigal (com os mesmos sócios), Eurest, Uniself e Sodexho.

Festa dos amigos da QUINTA DO BILL

NOVAS OPORTUNIDADES!!! Fantástico país

17 setembro 2008

Uma foto dos DIAMANTES NEGROS, banda dos anos 60 (do blog "Os Reis do Ié Ié")

A capa do EP "Paraíso Amanhã" dos PLEXUS (do blog "Os Reis do Ié Ié")

Uma foto do concerto dos UHF, em Paranhos da Beira (Seia)

A capa do álbum "K4 Quadrado Azul", da banda homónima (1990)

Próximo programa KM 0 , na RTP- 2

COMUNICADO À IMPRENSA

Gueixa, Cacique 97 e Munchen no próximo KM0

“No próximo KM0 regressamos a Lisboa para mais um olhar sobre o som que se produz na capital. Vamos perceber o que está por detrás da máscara dos Gueixa, ouvir o afro-beat dos Cacique 97 e os mecanismos de precisão enferrujados dos Munchen”, explica JP Simões, apresentador da série documental sobre a nova música portuguesa, exibida sábados, pelas 19h30, na RTP2.

Conheça e divulgue os projectos de Gueixa, Cacique 97 e Munchen, publicadas em discurso directo no blog do KM0:

Para mais informações:
Produtora BUS
Directora de Produção: Helena Oliveira (962 123 997)
Assessoria de Imprensa: Ana Marques (968756235)
quilometro.zero@gmail.com
km0.press@gmail.com
Rua da Madalena, nº 91, 2º Dto. 1100-319 Lisboa
Tel.: 218 876 079



Na foto os CACIQUE 97: