28 março 2007

PROBLEMAS NA NET

Temos tido problemas com a net. Não temos podido inserir nada novo...
Depois do problema resolvido, o Rock continua...

22 março 2007

19 março 2007

Mais uma foto dos ARTE & OFÍCIO, em 1978

A capa do single "Rockstein" de LUÍS FIRMINO, actualmente a viver nos E.U.A.

A banda O CICLO , que existiu nos anos 60 e 70 no Barreiro e da qual faziam parte alguns futuros PERSPECTIVA

O vinil do single dos PESQUISA

COMPRAM-SE OS SEGUINTES DISCOS DE VINIL: Go Graal Blues Band- Go Graal Blues Band Roxigénio- Rock’n’Roll Men Corpo Diplomático- Música Moderna Opinião Pública- No Sul da Europa Arte & Ofício- Faces Arte & Ofício – single Festival Corpo Diplomático- single Festa Bramassaji- Máxi Princípios e os dois LP's "Música Moderna Portuguesa" Volumes 1 e 2 da Dansa do Som

tenho isto tudo em CD(do vinil, remasterizado) e MP3 , mas queria os originais em vinil

15 março 2007

Uma foto dos RONGWRONG, no Rock Rendez Vous

Uma foto de FRODO, nos anos 80

Os ARTE & OFÍCIO, em 1978

Uma foto da GO GRAAL BLUES BAND, em 1978

Uma foto dos OBCIZA, banda dos anos 70

Uma foto dos SEILASSIÉ

Albino Correia - Guitarras (ex- ELO e TRANSMUTAÇÃO)Aristides "O Grego" - Bateria (ex- ARANHA E HOSANNA)Carlos Barbosa - Baixo e voz (ex- DOGMA e TRANSMUTAÇÃO)Humberto Ruaz - Teclas (ex- Conservatório Nacional)

A capa do livro "Curioso Clã" , referente aos CLÃ (edição Relógio D'Água Editores)

Mais uma AVALIAÇÃO do desempenho de uma professora

Uma educadora de um jardim-de-infância de Celorico da Beira foi hoje agredida à bofetada pela mãe de uma criança que frequenta o estabelecimento de ensino, disse à Agência Lusa fonte do Agrupamento de Escolas local. "Consta que terá dado uma bofetada [à educadora]", adiantou Manuel Portugal, presidente do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira, acrescentando que a situação terá ocorrido ao princípio da manhã de hoje, no interior do edifício escolar, numa sala onde não se encontravam crianças. A situação foi-lhe comunicada via telefone, aguardando agora pelo relatório que a docente irá apresentar, para se poder pronunciar sobre o assunto.
"É uma situação lamentável, talvez não seja a forma mais correcta de resolver as situações", salientou Manuel Portugal, que não quis pronunciar-se sobre as razões que terão motivado a alegada agressão física, remetendo mais esclarecimentos após a análise do processo e do respectivo relatório. O presidente do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira espera que a situação não fique impune, afirmando que "as pessoas terão de ser responsabilizadas pelos seus actos". A mãe da criança, em declarações à Rádio F, da Guarda, confirmou ter agredido a docente no seguimento de uma discussão. Segundo a mulher, o conflito terá ficado a dever-se ao conhecimento que diz ter tido de que a educadora informara a delegada de saúde e a assistente social da autarquia que a sua filha de seis anos, "para além de não andar bem vestida, cheirava mal". "Não gostei e discuti logo com ela, porque a minha filha não cheirava mal. Andámos a discutir e dei-lhe na cara", afirmou a mulher residente em Celorico da Beira, em declarações àquela rádio. O comandante interino do Grupo Territorial da GNR da Guarda, major António Almeida, disse à Lusa que a educadora "ainda não apresentou queixa". Nas últimas semanas foram conhecidos outros dois casos de agressões a docentes, nomeadamente no Porto, nas escolas do ensino básico das Campinas e do Cerco.